Entre em contato conosco


Esporte

Time misto do Galo vacila na defesa, vai bem no ataque e empata com o rebaixado Santa Cruz

Published

on

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Os reservas do Atlético não conseguiram vencer o já rebaixado Santa Cruz. Em jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, as equipes fizeram um jogo cheio de alternativas e muita bola na rede. No Arruda, na noite deste domingo, empate por 3 a 3. Grafite, Keno e Vitor marcaram para os donos da casa. Fred – ainda mais artilheiro do Brasileirão -, Clayton e Hyuri fizeram os gols alvinegros.

Agora, a situação fica mais difícil para o Atlético buscar o G3 do Campeonato Brasileiro. O Galo soma 62 pontos, cinco a menos que o Flamengo, terceiro colocado da Série A.

Agora o Galo volta seu pensamento apenas para a Copa do Brasil. Na quarta-feira, às 21h45, o Atlético recebe o Grêmio no Mineirão, em jogo válido pela primeira partida da decisão do torneio nacional.

O jogo

O Atlético até começou bem a partida. Logo aos cinco minutos, na primeira chegada, bola na rede. Cazares cruzou e o zagueiro afastou mal. Clayton pegou a sobra e finalizou para grande defesa de Tiago Cardoso. No rebote, Fred finalizou e abriu o placar: 0 a 1.

A vantagem, porém não durou muito. Leonan tocou com o braço na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Grafite empatou: 1 a 1. Após o gol, o time da casa cresceu. O Galo mostrava desentrosamento. Aos poucos, o Santa chegava com finalizações perigosas. Grafite e Arthur assustaram. O Galo respondeu com Carlos Eduardo, que desempatou. Mas quem voltou a balançar as redes foi o time da casa.

Keno arrancou pelo lado direito, viu o goleiro Giovanni adiantado e tocou colocado, no ângulo, marcando um golaço: 2 a 1. O Galo não conseguia reagir. A falta de entrosamento resultava em muitos passes errados – foram 18 no primeiro tempo. O time da casa chegava com mais perigo e terminou a etapa inicial com mais chances de ampliar do que sofrer o empate.


O Galo começou tocando mais a bola no segundo tempo, mas quem criou boas chances foi o Santa Cruz. Giovanni, duas vezes, impediu que Keno ampliasse. Aos poucos, o Atlético foi chegando. Leonan só não marcou porque Tiago Cardoso fez linda defesa. Mas aos nove minutos, não teve jeito. Rafael Carioca fez lindo lançamento do meio-campo, Clayton partiu por trás da defesa, dominou, passou pelo zagueiro e finalizou no canto. A bola bateu na trave e entrou mansamente: 2 a 2.

No entanto, não deu nem para comemorar. Logo na sequência, Keno recebeu livre pelo lado esquerdo, enxergou Vitor entrando livre pelo outro lado e cruzou para o lateral-direito, que apenas escorou: 3 a 2.

O técnico Marcelo Oliveira mexeu na equipe para tentar buscar o resultado. No entanto, um lance mudou a história do jogo. Cazares saiu em contra-ataque, deixou dois adversários para trás e foi puxado por Jadson. Nervoso, ele revidou com um soco no rosto do adversário. Após ser agredido, Jadson também empurrou o atleticano com os punhos. Os dois foram expulsos.

O Santa Cruz cresceu. Teve boas chances, mas parou em defesas incríveis de Giovanni. Quando foi ao ataque, o Galo empatou. Fred deu lindo passe por cima da defesa para Hyuri. O atacante chegou antes do goleiro e deu toque por cima de Tiago Cardoso para empatar: 3 a 3. As equipes ainda buscaram o gol da vitória, mas ninguém conseguiu tirar a igualdade do placar.

SANTA CRUZ 3 X 3 ATLÉTICO

SANTA CRUZ
Tiago Cardoso; Vitor (Danilo Pires), Neris, Danny Morais e Roberto;Jadson, João Paulo, Arthur (Marion) e Leonardo Moura; Keno e Grafite (Mazinho)
Técnico: Adriano Teixeira

ATLÉTICO
Giovanni; Marcos Rocha (Alex Silva), Edcarlos, Jesiel e Leonan; Rafael Carioca, Lucas Cândido (Thalis), Carlos Eduardo (Hyuri) e Cazares; Clayton e Fred
Técnico: Marcelo Oliveira

Gols: Fred, aos 5, Grafite, aos 12, Keno aos 30 minutos do primeiro tempo; Clayton, aos 9, Vitor, aos 13, Hyuri, aos 34 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Neris, Danny Morais (STA)
Cartões vermelhos: Jadson (STA); Cazares (ATL)

Estádio: Arruda, no Recife
Motivo: 36ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data e Hora: Domingo, 20 de novembro, às 19h30
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa e Dibert Pedrosa Moisés (RJ)

Fonte: Superesportes

Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *