Entre em contato conosco


Destaque

Pacientes supostamente torturados são resgatados de clínica de reabilitação de Coromandel

Published

on




Na manhã da última segunda-feira (26), a Polícia Militar de Coromandel prendeu 12 pessoas suspeitas de estarem mantendo em cárcere privado e torturando internos de uma clínica de recuperação localizada no Km 84 da BR-352. Por volta das 09h30min da manhã, a PM compareceu na Chácara Gameleiras, onde duas vítimas que fugiram do Centro Terapêutico do Alto Paranaíba (CETAP) alegaram estar sendo torturadas constantemente e mantidos em cárcere privado pelos monitores e proprietários.

Segundo os dois internos, eles haviam sido ameaçados após terem pedido aos responsáveis da clínica para encerrar o tratamento a que estavam sendo submetidos. Aproveitando de um descuido dos funcionários, a dupla conseguiu fugir do local juntamente de outros pacientes. Ao serem visualizados, os funcionários entraram em luta corporal com os internos, desferindo socos, chutes e até mesmo arrastando alguns deles pelo chão.



Após o relato das vítimas, os militares foram até a clínica e ao abordarem alguns dos pacientes, foi constatado que eles se encontravam sob cárcere privado, sendo que a maioria havia passado por torturas físicas e psicológicas ao desobedecerem a regras do local. Durante a consulta dos envolvidos, os militares verificaram que havia um mandado de prisão em desfavor de um interno de 22 anos, que na ocasião foi preso e conduzido a Delegacia de Polícia.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão para 12 pessoas, dentre elas monitores e proprietários da clínica. Os suspeitos foram conduzidos até a delegacia e 35 internos sem impedimento judicial foram liberados para retornarem as suas casas.

Fonte: Patos Notícias


Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *