Entre em contato conosco


Notícias

Ministério Público emite recomendação proibindo tráfego de caminhões na Ponte do Paranaíba

Published

on




O Ministério Público quer impedir o tráfego de veículos pesados sobre a Ponte do Rio Paranaíba no bairro Nossa Senhora Aparecida em Patos de Minas. A promotora de justiça Vanessa Dosualdo Freitas emitiu uma recomendação à Administração Municipal para que a Prefeitura adote, no prazo de 10 dias, medidas para coibir o desrespeito ao limite máximo de peso sobre a estrutura, que é tombada pelo Patrimônio Histórico.

Na última semana, o Patos Hoje mostrou a denúncia de moradores preocupados com a situação. Eles fizeram um vídeo mostrando o tráfego intenso de carretas e caminhões com peso muito acima das 15 toneladas estabelecido na sinalização. A denúncia também mostra trincos e rachaduras na estrutura da ponte, que foi construída na década de 30. Um abaixo-assinado foi apresentado com pedido de providências.



O Ministério Público agiu rápido e emitiu uma recomendação à Prefeitura cobrando a adoção de medidas para proteger a chamada “Ponte do Arco”. A promotora Vanessa Dosualdo Freitas quer que a Administração Municipal reforce a sinalização e a fiscalização, utilizando inclusive o poder de polícia, para proibir o tráfego de caminhões e carretas sobre a estrutura.

De acordo com o órgão, o tráfego intenso de veículos no local provoca a exposição contínua às vibrações a qual poderá acarretar o desgaste da estrutura de sustentação, causando trincas e rachaduras, capazes de levar a ponte à ruína, o que coloca em risco não só patrimônio cultural, mas também a vida das pessoas que trafegam pelo local.

A Ponte sobre o Rio Paranaíba faz a ligação da cidade com o distrito industrial. É por ali que passam também os caminhões de coleta de lixo com destino ao aterro sanitário. Mas o Ministério Público entende que existem outras alternativas. O órgão recomenda que os veículos com mais de 15 toneladas utilizem a BR 365 e a chamada Estrada da Serrinha.

O Ministério Público concedeu prazo de 10 dias para que a Prefeitura adote as medidas necessárias para proibir o tráfego de veículos pesados sobre a Ponte do Rio Paranaíba. O  órgão também pediu à Administração Municipal que informe em um prazo de 48 horas se a recomendação será cumprida.

Fonte: Patos Hoje


Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *