Entre em contato conosco


Lagamar

Homem que levou golpe de canivete no pescoço em Lagamar não resiste e morre

Published

on




Um homem de 35 anos morreu no sábado (18), no Hospital São Lucas, em Patos de Minas. Ele levou uma canivetada no pescoço no dia 2o de fevereiro, na cidade de Lagamar e foi socorrido para a Unidade Mista de Saúde e dois dias depois transferido para Patos de Minas.

Rones Ambrósio da Cruz de 35 anos, “Buiu”, após a canivetada ficou paraplégico e na última semana teve que ser internado novamente. No laudo da morte de “Buiu” consta que ele faleceu pro pancreatite e pneumonia.

Segundo a Polícia Militar a guarnição foi acionada na Rua Nicodemos Honório Teixeira, bairro Sol Nascente, em Lagamar onde ocorreria uma briga entre a vítima Rones Ambrósio da Cruz “Buiu”, de 35 anos, e o jovem Carlos Henrique de Oliveira de 25 anos.



De acordo com a Polícia Militar, a vítima e a mãe de Carlos Henrique estavam em um bar fazendo uso de bebidas alcoólicas e que a mãe do autor estava sendo agredida pela vítima e o filho foi até o local para buscar a genitora que é dependente química.

Segundo a PM Rones Ambrósio tentou impedir que o filho levasse a mãe embora e começou a agredi-lo durante as agressões sofridas Carlos Henrique desferiu um golpe de canivete em Rones Ambrósio da Cruz no pescoço.

Rones Ambrósio da Cruz veio a óbito neste sábado (18). Rone já cumpriu pena por homicídio e tinha passagens por furtos. Seu corpo será sepultado neste domingo (19), às 11h.

De acordo com o delegado da Policia Civil de Presidente Olegário, Dr. Vinicius Volf Vaz, o autor foi autuado pelo crime em 21 de fevereiro, e teve a liberdade provisória concedida pela justiça uma semana depois.

Ainda segundo o delegado, o Inquérito Policial de tentativa de homicídio aberto se torna homicídio e está em andamento pela Polícia Civil.

Fonte: PO Hoje


Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Advertisement