Entre em contato conosco


Carmo do Paranaíba

Forçada a desistir após nude, pré-candidata em Carmo do Paranaíba agradece o apoio da população

Published

on

(Foto: Reprodução/Facebook)

Lídia Barcelos, que foi pré-candidata a Rainha do Café de Carmo do Paranaíba, falou que foi pré-julgada pelas outras candidatas ao concurso. A jovem de 18 anos fez um desabafo no Facebook após ter sido desclassificada. Ela contou que se sentiu invadida após o vazamento do nude, mas que a foto não definiria seu caráter.

O Patos Hoje entrou em contato com a jovem que se mostrou surpresa pela repercussão. Ela contou que foi muito julgada pelas outras concorrentes, mas ficou feliz pelo apoio que vem recebendo. “Fui muito bem acolhida pela população e estou encantada com o apoio que estou recebendo”, contou Lídia que teve uma foto publicada sem roupa nas redes sociais.


No fim de semana, Lidia fez um desabafo sobre toda a polêmica. Ela disse que não gostaria de desistir e teria pedido o apoio das colegas de concurso. No entanto, a resposta não foi nada agradável. As outras garotas disseram que foram chamadas de “putas” e que não gostariam de ter suas imagens vinculadas à dela.

Diante disso, ela resolveu desistir de participar do concurso. “Não me restou opção, uma vez que ninguém me queria lá, assinei hoje um termo de desistência feito pela organização”, escreveu. Ela disse que a foto foi postada por engano no snapchat e ficou apenas alguns segundos, mas alguém a teria salvo e republicado. O post recebeu diversos comentários.

Os organizadores do concurso esclareceram a polêmica na página da Festa do Café no Facebook. Na postagem, eles informaram que a desclassificação aconteceu realmente por causa das outras candidatas que pretendiam desistir caso Lídia continuasse. A organização pediu apoio da população para que a festa seja um sucesso.

A organização disse que está havendo grandes polêmicas e isso tem prejudicado a cidade. “Está na hora de todos nós revermos nossos conceitos enquanto pessoas e cidadãos desta cidade, caso contrário os comércios continuarão a se inviabilizar, ao invés de faculdades teremos mais cadeias, e grandes empresas nunca virão para cá”, afirmou.

Fonte: Patos Hoje

Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.