Entre em contato conosco


Araxá

Ex-vereador de Araxá sofre acidente na BR-262 e é encontrado morto dentro de valeta

Published

on




O ex-vereador de Araxá e empresário, José Cincinato de Ávila, de 61 anos, foi encontrado morto na madrugada desta terça-feira (4), em uma valeta às margens da BR-262.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima dirigia sentido Araxá a Ibiá quando, por volta das 23h20, sofreu um acidente no km 647 da rodovia. O veículo saiu da pista e tombou.

A suspeita da PRF é de que, depois do acidente, José Cincinato teria saído do veículo para pedir socorro, mas caiu em uma valeta de escoamento de água com cerca de dois metros e meio de profundidade. Ele foi encontrado dentro desta valeta, a 300 metros de onde o carro tombou, mas já sem os sinais vitais.

A perícia da Polícia Civil irá apurar as causas do acidente. O corpo de José Cincinato foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).



O velório será realizado na Câmara Municipal, a partir de 13h, e o sepultamento será no Cemitério das Paineiras. O horário do enterro ainda não foi definido.

Histórico

José Cincinato era empresário e uma das principais lideranças política de Araxá. Conforme divulgado pela assessoria da Câmara, ele foi vereador por cinco mandatos, de 1989-1992, 1993-1996, 1997-2000, 2001-2004 e seu último mandato, de 2005-2008.

Cincinato também foi presidente da Câmara e integrou importantes comissões, como a de Finanças, Justiça, Legislação e Redação Final e a de Educação, Cultura e Saúde. José Cincinato era casado e deixa duas filhas. Atualmente estava filiado ao PMDB.

 Luto oficial

O prefeito de Araxá, Aracely de Paula, decretou luto oficial de três dias pela morte do ex-vereador José Cincinato de Ávila.

Por causa da morte de Cincinato, a presidência da Câmara Municipal também decretou luto. A reunião ordinária que seria realizada nessa terça-feira (4) foi transferida para a quarta-feira (5). A reunião extraordinária de quinta-feira (6), para votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), não foi alterada.

Fonte: G1


Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Advertisement