Ex-patrão ameaça funcionário em Araxá e é preso por porte ilegal de arma de fogo

Nessa quarta-feira (6) um homem, de 44 anos, compareceu na sede do 37º BPM em Araxá, alegando que estaria sendo vítima de ameaças pelo seu ex-patrão.

Segundo a vítima, ele trabalhava há aproximadamente quatro anos na fazenda, localizada na zona rural de Araxá, vindo a ausentar-se do trabalho por três dias, por ter perdido a carona que o levaria. Ao retornar para o trabalho, a vítima deparou com outro funcionário trabalhando em seu lugar, sendo recepcionado por ele com uma carabina em punho. Ao fazer contato com seu ex-patrão, ele lhe fez ameaças e o informou que estava despedido do trabalho.


De posse das informações, a Polícia Militar (PM) apreendeu na fazenda a carabina calibre .22, alimentada com duas munições .22 e mais três munições de calibre .38 intactas, localizadas juntamente com outros apetrechos utilizados na produção de munições para espingarda.

A equipe policial foi até a residência do proprietário da fazenda, um homem de 54 anos, o qual assumiu ser proprietário da arma de fogo bem como das munições, porém não possuía documentação. Em vistoria na residência, foram apreendidas mais duas munições “picotadas” de calibre .22.

O proprietário da fazenda, relatou que chegou ao seu conhecimento, que seu ex-funcionário havia se ausentado do trabalho sem seu consentimento, deixando os animais sem alimentação. Então ele pediu para que um amigo cuidasse da fazenda, até que contratasse outro caseiro. Porém, o ex-funcionário teria chegado na fazenda questionando sobre o rapaz que estava trabalhando em seu lugar, quando começou a xingar e ameaçá-lo de morte.

Diante dos fatos, o proprietário da fazenda foi preso por posse ilegal de arma de fogo e munições, todos os materiais foram apreendidos.

Fonte: TV KZ

COMPARTILHAR
Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.