Entre em contato conosco


Destaque

Estado lança campanha de reforço para enfrentamento ao Aedes aegypti

Published

on




O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), lançou a segunda fase da campanha de reforço para enfrentamento ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya. O objetivo, nesta etapa, é intensificar, junto à população, a importância da participação de todos nesse processo.

“É fundamental continuar com a vigilância e, por isso, novamente insistimos no cuidado de uma vez por semana as pessoas checarem quintais, calhas e outros locais que possam acumular água e servir de criadouros do vetor”, afirma a superintendente de Vigilância Epidemiológica da SES-MG, Deise dos Santos.



Ainda que a Dengue, Zika e Chikungunya sejam sazonais, cuja tendência de maior concentração de casos ocorra entre os meses de janeiro a abril, em todo o estado, o vetor das doenças circula durante todo o ano, mesmo com menor intensidade nos meses mais frios e secos (maio a setembro). Dessa forma, os cuidados em relação à prevenção e eliminação de focos não devem cessar.

Situação epidemiológica

Minas Gerais registrou, até o dia 14 de março deste ano, 14.247​ casos prováveis (casos confirmados + suspeitos) de Dengue. Já em relação à Febre Chikungunya, são 2.296​ casos prováveis. Para a febre pelo Zika Vírus, foram registrados, até o momento, 283​ casos prováveis no estado, em 2017.

A Campanha de enfrentamento ao Aedes, apresentada oficialmente na segunda-feira (20/3), será veiculada em rádio, TV e jornal. Outras informações sobre a campanha e dados de ações da SES-MG para enfrentamento ao Aedes estão disponíveis no site: www.saude.mg.gov.br/aedes.

Fonte: Agência Minas


Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Advertisement