Entre em contato conosco


Notícias

Empresário acusado de fraudar licitação de merenda escolar é preso em Patos de Minas

Published

on

Um empresário de 22 anos da cidade de Bom Despacho/MG foi preso na tarde desta quinta-feira (05) tentando lucrar em cima do alimento que é oferecido para crianças e adolescentes das escolas e creches de Patos de Minas. Matheus Fortunato Lourenço Lobo teria tentado corromper uma empresária que não aceitou e acionou a Polícia Militar.

De acordo com o Sargento Rodrigo, ele teria pedido dinheiro a uma empresária do ramo alimentício de Patos de Minas para deixá-la concorrer sozinha ao processo que estava na última fase. A licitação era para adquirir frutas, verduras e legumes para as escolas e creches da Capital do Milho.



O policial informou que quatro empresas representadas por 4 quatro pessoas participariam do pregão presencial na sala de licitação da Prefeitura Municipal. Sendo que 3 acabaram solicitando dinheiro para a responsável pela empresa patense, para que eles desistissem do processo licitatório.

A intenção deles era ganhar o dinheiro para deixar a empresária concorrendo sozinha, com isso a patense fatalmente ganharia, já que venceria quem oferecesse o menor preço. No entanto, a empresária patense recusou a proposta e acionou a Polícia Militar. Matheus foi abordado, mas os outros conseguiram evadir.

Ele foi preso e conduzido para a delegacia e deve responder pelo crime de fraude a licitação da lei 8666/1993, também tipificado no artigo Art. 335 do Código Penal. Segundo o policial, ele relatou que tal prática é comum em processos licitatórios.

A empresa dele é de Bom Despacho/MG, mas o emrpesário disse que está residindo atualmente em Lagoa da Prata/MG. A licitação foi cancelada pelo presidente da banca da licitação, o que pode prejudicar a alimentação das crianças nas creches e escolas. Fraude no processo licitatório é um caso típico de corrupção que deve ser combatido pela sociedade.

Fonte: Patos Hoje

Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.