Entre em contato conosco

Política

Bolsonaro suspende compra de seringas até preço ‘voltar à normalidade’

Published

on



‘Quantidade de vacinas num primeiro momento não é grande’, afirmou o presidente Bolsonaro
(foto: Isac Nóbrega/Presidência da República)

Jair Bolsonaro (sem partido), presidente da República, afirmou na manhã desta quarta-feira (06/01) que o Brasil não comprará seringas até que o preço volte “à normalidade”. O governante também disse que a decisão, com aval do Ministério da Saúde, não impacta em um primeiro momento.




“Como houve interesse do Ministério da Saúde em adquirir seringas para seu estoque regulador, os preços dispararam e o MS suspendeu a compra até que os preços voltem à normalidade”, publicou Bolsonaro, nas redes sociais.
“Estados e municípios têm estoques de seringas para o início das vacinações, já que a quantidade de vacinas num primeiro momento não é grande”, completou o presidente.
Ao todo, 44 países já deram início ao processo de imunização da COVID-19 por meio da vacinação. O Brasil não é um deles, e ainda não há uma perspectiva do começo da vacinação em solo brasileiro. O governo também se diz dependente das empresas que fabricam os imunizantes do novo coronavírus.
Fonte: EM



A empresa Paranaíba Agora surgiu há cinco anos para levar a informação séria, responsável para a sociedade rio paranaibana. Aos poucos, foi ganhando espaço e passou a ser o principal veículo de comunicação online em Rio Paranaíba. Além do portal de notícias que já atingiu mais de 5 milhões de acessos, a empresa ainda realiza outros serviços de marketing para empresas. Nossa linha editoral é de sempre trabalhar com a verdade dos fatos, pautando pela seriedade e respeito com ambas as partes da história.

Publicidade

Siga-nos nas redes sociais

Cotação do Café

Últimas notícias