Entre em contato conosco


Destaque

Autores furtam mais mil litros de óleo diesel de fazenda em Rio Paranaíba; confira os destaques da semana

Published

on

A Polícia Militar de Rio Paranaíba registrou 60 boletins de ocorrência durante a semana e conduziu cinco pessoas à Delegacia da Polícia Civil. Dentre esses boletins registrados, destacamos os seguintes:

Homem é preso por tentativa de furto

Na última segunda-feira, dia 24, militares foram solicitados por um vigia de um posto de combustíveis, após o mesmo visualizar um homem de 37 anos quebrar um dos vidros de uma caminhonete GM/D20, que estava no pátio do estabelecimento.

Segundo relatos do vigia, o homem de aparência branca com estatura baixa e que trajava uma camisa preta, calça jeans e chapéu branco, havia quebrado um dos vidros da referida caminhonete com placas JWF-8539, com a intenção de furta-la. Ao visualizar o fato, o vigia interpelou o autor dizendo que iria acionar a Polícia Militar, tendo o mesmo evadido do local em sentido à Cooperativa Cooxupé.


Diante dos fatos e características do autor, militares iniciaram rapidamente um rastreamento e encontrou o suspeito Marcelo Fernando de 37 anos na Rua João Leandro, sendo abordado, preso e conduzido até a Delegacia de Plantão em Patos de Minas para a lavratura do auto de prisão em flagrante.

Autores furtam mais mil litros de óleo diesel de fazenda na zona rural de Rio Paranaíba

Já na última sexta-feira (28), a Polícia Militar compareceu na fazenda Barreiro na zona rural de Rio Paranaíba, onde segundo relatos do proprietário Eric Amorim, um autor não identificado furtou cerca de 1200 litros de óleo diesel, um gerador de cor vermelha, uma bateria usada em um trator agrícola e uma bomba de transferência de combustíveis da sede da fazenda.

Ainda de acordo com os relatos do proprietário aos militares, até às 16h do dia anterior, todos os materiais estavam na propriedade rural e que, durante a madrugada, ouviu os cachorros latirem e que não perceberam a ação dos infratores.

O caso foi registrado e repassada à Polícia Civil para as devidas investigações. A Polícia Militar pede, que se alguém souber de alguma informação que leve ao paradeiro dos materiais e dos autores do furto, que denuncie no 190 repassando todas as informações. É válido ressaltar que não precisa se identificar e que, caso deseja se identificar, sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo.

Texto: Gilberto Martins

Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.