Entre em contato conosco


Notícias

Após atacar vítima e roubar celular em Patos de Minas, travesti é presa escondida dentro de tanquinho

Published

on




A Polícia Militar levou para a delegacia nesta sexta-feira (28) uma travesti acusada de atacar uma mulher de 50 anos nas proximidades do UNIPAM. Ela foi encontrada escondida dentro de um tanquinho no Bairro Lagoinha. A vítima ficou com diversos ferimentos pelo corpo. Os policiais recuperaram o celular. Ela negou o roubo.

De acordo com os policiais que registraram a ocorrência, Johnatan Guilherme Fernandes Borges, 19 anos, conhecida como Gabi, abordou a vítima quando ela estava entrando no carro e exigiu o celular. Como a mulher não entregou, Gabi então passou a agredi-la. A vítima ficou com arranhões nas mãos, braços, pescoços e rosto.



Após o ataque, ela então fugiu a pé em sentido ao Bairro Lagoinha. Inconformada com as agressões, a vítima foi atrás de carro e viu quando Gabi entrou em uma residência na Rua Nossa Senhora de Lurdes. A Polícia Militar foi acionada e foi até o local, mas ela já não estava no imóvel. Os policiais então começaram os rastreamentos.

Os policiais chegaram a ir na casa dela no bairro Bela Vista, mas a infratora não foi encontrada. As guarnições policiais voltaram para o bairro Lagoinha, onde viram Gabi voltando pelos fundos para onde havia sido vista. Os militares adentraram o imóvel e conseguiram localizar a acusada toda encolhida dentro de um tanquinho de lavar roupa. O espaço minúsculo chamou a atenção dos policiais.

Em conversa com ela, os militares descobriram onde ela havia escondido o celular. O aparelho foi encontrado no meio da mata onde ela havia acabado de sair. Gabi foi levada para a delegacia e negou o furto. Ela disse que havia achado o celular. Com relação às agressões, ela disse que odeia pessoa que debocha dela. Gabi deve responder por roubo.

Fonte: Patos Hoje


Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Advertisement