Açougueiro de Carmo do Paranaíba vítima de disparos de arma de fogo morre no Hospital Regional


Faleceu na manhã deste sábado (07/09) no Hospital Regional, na cidade de Patos de Minas, o açougueiro de 55 anos, que havia sido vítima de disparos de arma de fogo. José Humberto Elias Machado, foi alvejado por 4 tiros, no momento se preparava para entrar na garagem da residência onde morava, na Rua H, no Bairro Morro Grande.

O fato ocorreu por volta das 22h30 da última quinta-feira (05/09), quando a Polícia Militar foi acionada por funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), relatando que um homem havia dado entrada naquela unidade médica com várias perfurações no corpo.

ENTENDA O CRIME

De acordo com o boletim de ocorrência, depois de solicitada, uma guarnição da Polícia Militar foi até local, onde em contato com o médico de plantão, ficou constato que a vítima tinha sido atingida no braço e mão direita e na região dorsal, sendo que o ferido apresentava quadro clínico muito grave e seria transferido para o Hospital Regional.

Em conversa com a esposa da vítima, Gasparina Moreira de Souza, a mulher contou aos militares que ela e o marido chegavam ao endereço do casal, mas no momento em que José Humberto se preparava para abrir a garagem do imóvel, para guardar o veículo VW/Gol, cor prata, que eles se encontravam, apareceu repentinamente dois indivíduos encapuzados, sendo que um deles segurava uma arma de fogo.

Com isso, o suspeito que estava com o revólver levantou o capuz e gritou “perdeu perdeu”. Logo após, o autor efetuou vários disparos contra a vítima. Muito nervosa, Gasparina, conseguiu pedir ajuda dos vizinhos e socorreu o marido até a UPA. Ela ressaltou ainda que os disparos foram efetuados contra o motorista pelo lado do passageiro. Ao menos seis disparos atingiram o vidro da porta do carro.

A esposa falou que já viu o autor no açougue que José Humberto era proprietário, mas não soube dizer quem é, principalmente, devido ao estado emocional em que ela se encontrava. Por último os policiais foram o local dos disparos, mas não conseguiram levantar dados que pudessem leva-los até os autores do crime.

Depois de ser constatada a morte de José Humberto Elias Machado, o corpo da vítima foi levado para Instituto Médico Legal (IML), onde foi necropsiado e liberado aos familiares, para o velório e sepultamento, que deverá ocorrer em Carmo do Paranaíba. Até o momento nenhum suspeito de cometer o homicídio foi preso.

Fonte: Tô na Mídia CP

COMPARTILHAR
Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.