Entre em contato conosco


Esporte

Superliga: Itambé Minas iguala série contra o Dentil Praia Clube e adia decisão

Published

on



Minas e Praia fizeram um grande duelo em Saquarema — Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

O Itambé Minas conseguiu se refazer da implacável derrota sofrida para o Dentil Praia Clube no primeiro jogo da final, devolveu o placar e mantém a decisão da Superliga feminina em aberto. Com a vitória por 3 sets a 1 (19/25, 25/20, 27/25 e 25/23) neste sábado (3), em Saquarema (RJ), igualou a série melhor de três e levou a definição do título para a próxima segunda-feira, às 21h.

Diferentemente do ocorrido no primeiro capítulo da decisão, quando a equipe de Uberlândia sobrou em quadra, o time de Belo Horizonte equilibrou o duelo e deu mostras de que não está morto na briga pelo título.

A partida desta noite no Centro de Desenvolvimento de Vôlei da CBV começou como se fosse uma continuação do quarto set da quinta-feira passada. O Praia teve um início arrasador, sacou com precisão e agressividade, dificultou o passe adversário e praticamente não desperdiçou ataques. Deu indícios de que passaria com facilidade por um nervoso e atordoado Minas.



No entanto, o time da capital mineira se reencontrou na partida, embora tenha cometido erros não muito comuns durante toda a temporada. Buscou força, virou o placar e garantiu o terceiro embate. Pri Daroit foi eleita a melhor em quadra e ficou com o troféu Viva Vôlei.

O jogo

O Praia começou a partida a 100 km por hora. Chegou a abrir 7 a 0 de vantagem, na passagem de Fernanda Garay no saque. O Minas, por sua vez, dava a impressão de que não havia assimilado o revés no primeiro duelo.  Aparentando nervosismo, falhou no momento de colocar a bola na mão de Macris, vacilou quando teve a chance de atacar e passou toda a parcial correndo atrás do rival. Chegou a diminuir a vantagem, mas o time de Paulo Coco manteve a consistência e fechou em 25/19.

O Minas reagiu na segunda parcial. Ajustou o passe e foi ao ataque com agressividade e eficiência, principalmente com Pri Daroit, chegando a ficar em vantagem no placar em 14 a 10. O Uberlândia se reencontrou, especialmente com a passagem de Carol no saque. O jogo seguiu ponto a ponto, e a equipe de Nicola Negro voltou a ficar em vantagem, fechando em 25/20.

O mesmo ocorreu no terceiro set, com o Minas melhorando em quadra. Com o passe na mão, Macris ganhou a opção de recolocar Carol Gattaz e Dani Cuttino na partida. Do outro lado, Fernanda Garay se agigantou. Na parcial mais equilibrada das finais, deu Minas por 27/25.

A quarta e última parcial manteve a igualdade entre as rivais mineiras. As comandadas de Nicola Negro abriram boa vantagem, deixaram o Praia encostar, mas finalizaram em 25/23.

Fonte: Super FC



A empresa Paranaíba Agora surgiu há cinco anos para levar a informação séria, responsável para a sociedade rio paranaibana. Aos poucos, foi ganhando espaço e passou a ser o principal veículo de comunicação online em Rio Paranaíba. Além do portal de notícias que já atingiu mais de 5 milhões de acessos, a empresa ainda realiza outros serviços de marketing para empresas. Nossa linha editoral é de sempre trabalhar com a verdade dos fatos, pautando pela seriedade e respeito com ambas as partes da história.

Publicidade

Previsão do tempo

Siga-nos nas redes sociais

Cotação do Café

Últimas notícias