Entre em contato conosco


Destaque

Integrantes de organização criminosa que aterrorizou Patos de Minas são presos em Uberaba

Published

on

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil apresentou nesta quarta-feira (22) em Uberaba três indivíduos presos com diversas armas de fogo. Eles foram presos de manhã em um trabalho conjunto entre as delegacias da Polícia Civil de Patos de Minas e de Uberaba. Com eles os policiais encontraram diversas armas, inclusive pistolas e adaptadores que transformam essas armas em metralhadoras. Como adiantou o Patos Hoje, a Polícia Civil realiza uma grande operação nesta quarta-feira (22) para cumprir 26 mandados de prisão.

LEIA MAIS: Bandidos voltam a incendiar ônibus em Patos de Minas; Polícia já começa a prender autores

Os alvos da operação são integrantes de uma organização criminosa que estaria dominando o tráfico de drogas nas imediações do Jardim Esperança. O grupo é apontado como autor de várias tentativas de homicídio e também dos ataques e incêndios aos ônibus do transporte coletivo ocorridos nos últimos dias na cidade.

Os três autores apresentados nesta manhã, estavam escondidos na cidade de Uberaba. Entre eles está Bruno Porto Rodrigues, conhecido como Bruno Said. Ele é bastante conhecido no meio policial de Patos de Minas e já frequentou o Presídio Sebastião Satiro por diversas vezes. Bruno é apontado como um dos chefes da organização criminosa.


(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Com os três homens presos na cidade de Uberaba, os policiais encontraram uma mala com forte armamento. Foram encontradas várias pistolas, entre elas duas com adaptador para metralhadora. Também foram apreendidos mais de 260 munições de calibres restritos, espadas, celulares, computador e dinheiro.

Segundo a Polícia Civil, a organização criminosa vinha sendo investigada desde setembro do ano passado. Os autores presos em Uberaba serão trazidos para Patos de Minas. A operação continua para o cumprimento dos demais mandados de prisão na cidade. A Polícia Civil deverá divulgar um balanço do trabalho no final da tarde.

O delegado Ewerton Evangelista disse em entrevista que esta organização criminosa está envolvida no incêndio da viatura da Polícia Militar e na destruição dos dois ônibus do transporte coletivo. Eles também estão envolvidos em tentativas de homicídio ocorridas em Patos de Minas, inclusive nos disparos que atingiram uma garotinha dentro da van escolar. O policial também afirmou que os indivídios mantinham contato com outra organização criminosa.

Fonte: Patos Hoje

Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *