Entre em contato conosco


Destaque

Declaração de princesa eleita da FENAMILHO 2017 em Patos de Minas gera polêmica

Published

on

A Eleição e Coroação da Rainha Nacional do Milho 2017, foi realizada na noite dessa quarta-feira (24) no Paiolão do Parque de Exposições de Patos de Minas. Iara Santos foi a escolhida pelos jurados do concurso. Mas uma declaração da candidata Maria Angelica tem causado muitas protestos na internet.

As três belas jovens discursaram sobre os temas: As Marias Artesãs e seus 15 anos, Paiolão e sua história e Arena, palco de grandes realizações. Os 11 jurados avaliaram os quesitos de postura e elegância, beleza e simpatia, desenvoltura e segurança, com notas notas de 7 a 10. Ao final a coroa foi repassada para Iara Santos que é a nova Rainha do Milho.


Mas uma frase dita pela candidata Maria Angelica, após a coroação durante entrevista para a NTV, causou um verdadeiro alvoroço no facebook e aplicativos de mensagens, que replicavam a fala da jovem em vídeo e audio. Ao ser perguntada sobre o porque de não ter conseguido a coroa, a moça respondeu que: “infelizmente os jurados avaliaram mais a cor, né. Não olharam tanto os outros requisitos que realmente eram necessários, como comunicação e simpatia”. Maria Angélica ainda enfatizou que o fato de nunca ter sido coroada uma rainha negra, influenciou a decisão do júri. “Acho que essa questão de muita igualdade, de nunca ter tido uma Rainha negra, mexeu com os jurados e não fui a escolhida”.

Nossa reportagem entrou em contato com a Princesa do Milho, que  quer esclarecer o que ela classificou como mal entendido. Maria disse também que dará uma declaração para a imprensa ainda nesta quinta-feira sobre o assunto. A assessoria de imprensa do Sindicato dos Produtores Rurais de Patos de Minas, disse que por enquanto a entidade não se pronunciará.

Fonte: Patos Já

Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.