Entre em contato conosco

Cruzeiro

Cruzeiro: Mazzuco tem troféus na base e histórico de apostas em veteranos

Published

on




Mazzuco assumirá vaga de Deivid, que foi deslocado para direção técnica (Foto: Geraldo Bubniak/Paraná Clube)

Contratado para a vaga de diretor executivo de futebol do Cruzeiro, André Mazzuco tem só 40 anos, mas um currículo com muitas experiências no mundo da bola. Seus troféus foram nas categorias de base, como gerente do Coritiba entre março de 2008 e dezembro de 2013.
Na equipe paranaense, Mazzuco liderou conquistas de Taça BH, em 2010, com a equipe Sub-20; Copa Votorantim, em 2012, com a equipe Sub-15; e Dallas Cup, em 2002, com a equipe Sub-19. Depois, em janeiro de 2014, ele foi promovido ao departamento de futebol profissional do Coxa e permaneceu na função até dezembro de 2015.
Desde então, o novo executivo do Cruzeiro passou por cargos de direção em Red Bull Brasil (dez/15 a abr/17), Paysandu (abr/17 a ago/18), Paraná Clube (dez/18 a jun/19) e, por último, Vasco (jul/19 a dez/20).




Diferentes fontes ouvidas pelo Superesportes, que acompanharam os trabalhos de Mazzuco ao longo da última década, ressaltaram a característica do dirigente de fazer apostas em veteranos – apesar de sua história nas categorias de base.
No Vasco, a média de idade dos jogadores contratados foi de 26 anos – quatro, dos 17 reforços, tinham mais de 30 anos; outros dois, tinham 29. Já no Paraná, penúltimo clube de Mazzuco, foram pelo menos seis negócios envolvendo a chegada de jogadores com 30 anos ou mais no período em que o dirigente chefiou o departamento de futebol.
Essa característica de Mazzuco deverá agradar ao técnico Luiz Felipe Scolari. Em suas últimas entrevistas, diante da falta de bons resultados na Série B, o técnico tem destacado a necessidade da contratação de peças mais experientes para a próxima temporada. “Não sai da Série B só com camisa, sai com jogadores. Não sai só com meninos”, disse. “Não pode ter 12 juniores”, completou.
Vivendo crise financeira severa, especialmente após a administração caótica do ex-presidente Wagner Pires de Sá, o Cruzeiro precisará encontrar meios para aumentar o equilíbrio do elenco – trabalho já iniciado em 2020 -, mas reduzir o valor da folha de pagamento, uma vez que a tendência é que o clube siga na Série B do Campeonato Brasileiro na próxima temporada.

Também chamou atenção no último trabalho de Mazzuco apostas certeiras no mercado sul-americano. Pelo Vasco, ele liderou negociações envolvendo os colombianos Fredy Guarín e Gustavo Torres, além dos argentinos Germán Cano, Benítez e Leonardo Gil.
Fonte: Superesportes



A empresa Paranaíba Agora surgiu há cinco anos para levar a informação séria, responsável para a sociedade rio paranaibana. Aos poucos, foi ganhando espaço e passou a ser o principal veículo de comunicação online em Rio Paranaíba. Além do portal de notícias que já atingiu mais de 5 milhões de acessos, a empresa ainda realiza outros serviços de marketing para empresas. Nossa linha editoral é de sempre trabalhar com a verdade dos fatos, pautando pela seriedade e respeito com ambas as partes da história.

Publicidade

Siga-nos nas redes sociais

Cotação do Café

Últimas notícias