Entre em contato conosco


Notícias

Coordenador da Casa de Promoção Humana é afastado após denuncias de consumo de drogas

Published

on




O coordenador da Casa de Promoção Humana de Patos de Minas foi afastado na manhã desta terça-feira (12). A decisão foi tomada pela direção do Creas – Centro de Referência Especializada em Assistência Social – após receber denúncias de ocorrência de consumo de drogas na sede da entidade.

A Casa de Promoção Humana funciona como uma espécie de abrigo para pessoas que não tem onde ficar. Na maioria das vezes, são migrantes que chegam à cidade e não têm dinheiro para pagar por uma hospedagem. A entidade é mantida por doações da comunidade e por verbas de subvenção do poder público.



Este ano, a Casa de Promoção Humana esteve perto de fechar as portas  e precisou da interferência do Ministério Público. Reativada, a casa estava sendo coordenada por Wellington Oliveira da Penha, que inclusive havia denunciado ao Patos Hoje as condições precárias em que a entidade se encontrada alguns meses atrás. Hoje ele foi afastado.

Com o apoio da Polícia Militar, a coordenadora do Creas, Marcilúcia Barcelos, foi até a casa para promover a saída de Wellington. Ela disse que o coordenador não tem condições de permanecer no cargo e que será inclusive encaminhado para uma clínica de recuperação. A Casa de Promoção Humana foi mantida aberta.

Na saída, Marcilúcia informou que não estava em condições de conversar com a imprensa e disse que o caso será levado para as autoridades do município. A Polícia Militar recolheu facas e um facão estavam na casa e que não são de uso da entidade.

Fonte: Patos Hoje


Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *