Entre em contato conosco


Notícias

Após sofrer agressões, aposentada de 70 anos implora por internação da filha viciada em crack

Published

on




Chegar aos 70 anos de idade não foi garantia de sossego para a dona Maria Luzia Calixto Silva. A aposentada está sofrendo com a filha caçula que é dependente de crack. Na manhã desta terça-feira (03), as duas foram parar na Delegacia, a mãe vítima e a filha autora de agressões. Maria Luzia está implorando por uma clínica para o tratamento da filha.

A aposentada disse que teve que acionar a Polícia duas vezes. A filha Vanessa Maria Silva, de 34 anos, ficou agressiva por não conseguir dinheiro para comprar drogas. Segundo a dona Maria Luzia, ela foi levada para a Delegacia e, liberada, chegou em casa ainda mais agressiva, chutando a porta e quebrando os pertences da família.



A Polícia Militar foi acionada de novo e levou Vanessa para a Delegacia. Segundo a polícia, ela teria agredido a mãe de 70 anos e também a filha. A dona Maria Luzia ameniza o caso e disse que não houve agressões, mas a aposentada disse que não suporta mais tanto sofrimento. Ela relata que o problema se repete toda vez que não tem dinheiro para dar para a filha comprar droga.

Vanessa tem medo de ir parar no Presídio, mas diz que não consegue controlar o vício. Ela também faz tratamento com remédio controlado. A dona Maria Luzia diz que já procurou as autoridades e está implorando por um tratamento para a filha. Ela mora no bairro Nossa Senhora Aparecida e diz que não tem condições de pagar a internação em uma clínica de reabilitação.

As pessoas que puderem ajudar a família, o endereço é Rua São Benedito, número 130 – Bairro Nossa Senhora Aparecida.

Fonte: Patos Hoje


Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *