Entre em contato conosco


Carmo do Paranaíba

Presos em liberdade condicional roubam mercearia e são encontrados escondidos debaixo da cama

Published

on

(Foto: Júlio César/Tô na mídia)

A Polícia Militar de Carmo do Paranaíba foi solicitada para atender uma ocorrência de furta a uma mercearia na manhã deste sábado (12). Conforme o boletim de ocorrência, durante a solicitação militares tomaram conhecimento que os autores do furto estariam em uma casa na Rua Monte Carmelo, onde no local, encontraram o casal Versolino Batista de Souza de 42 anos e Gisele Cândido da Silva de 38 anos saindo de um quarto.

Em questionamento, o casal alegou que estavam dormindo e que não viram ninguém entrar na residência. Porém, os militares realizaram buscas pelo local e encontraram uma cama box com um buraco no colchão. Ao visualizar dentro do colchão, os policiais localizaram os autores do furto, identificado como Dênis César de Oliveira de 23 anos e Eduardo Henrique Domingues de 32 anos.

(Foto: Júlio César/Tô na mídia)

As buscas continuaram e os militares ainda localizaram debaixo da cama, um smartphone que fora furtado da vítima e várias cédulas de dois reais que totalizaram um valor de R$ 128,00, que também foram furtados da mercearia. Na cozinha da residência, foram encontrado uma caixa de sabão em pó, três pacotes de macarrão instantâneo e um pacote de suco sólido.


Dentro da bolsa da autora Gisela, os policiais encontraram um shampoo e um perfume e no bolso de Versolino, foi localizado um isqueiro que também havia sido furtados. A vítima reconheceu todos os produtores e relatou aos militares que estava usando o aparelho celular de seu sobrinho para ligar para uma pessoa, no momento em que os meliantes chegaram e tomaram o smartphone de suas mãos.

(Foto: Júlio César/Tô na mídia)

Em seguida, de acordo com o relato, os autores foram até o caixa onde o sobrinho da vítima estava e subtraiu uma quantia de R$ 128,00, além dos produtos que foram encontrados na residências do casal. Assim, diante de tudo isso, todos os envolvidos receberam presos em flagrantes, tendo o casal sendo conduzido por dar cobertura e esconder os materiais furtados.

Os quatro autores foram conduzidos até a Delegacia da Polícia Civil e entregues à autoridade judicial. Dênis, que possui um extensa ficha criminal, tinha uma mandado de prisão em seu desfavor expedido pela comarca de Carmo do Paranaíba. Já os autores Eduardo e Versolino estavam presos na Penitenciária Nossa Senhora do Carmo e haviam ganhado liberdade condicional recentemente.

Texto: Gilberto Martins

Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.