Entre em contato conosco


Esporte

Flamengo vence na Fonte Nova, entra no G-4 e empurra o Bahia para o Z-4

Published

on

Jogo bom é esse que a gente assiste e fica 85 minutos sem saber como vai terminar. A partida deste domingo entre Bahia e Flamengo, na Fonte Nova, foi dessas. Casa cheia, pressão dos dois lados, jogador expulso e golaço. O primeiro tempo teve equilíbrio, apesar da expulsão de Lucas Fonseca do Tricolor. Marcação alta do Fla, que viu o Bahia demorar a acertar sua transição ofensiva. Na segunda etapa, o time da casa não recuou e, com mudanças, tentou equilibrar as ações e esbarrou na velha falta de pontaria. Melhor para o Rubro-Negro, que aproveitou chutaço de Berrío para garantir os três pontos.

O PRIMEIRO TEMPO

O primeiro tempo foi daqueles que pendem um pouco para cada lado. No começo da partida, leve vantagem para o Flamengo, que povoou bem seu campo de ataque e imprimiu uma marcação alta sobre o Bahia. Com uma transição ofensiva lenta, o Tricolor sofreu de leve, mas não demorou a reagir, principalmente com a disposição de Zé Rafael. Eis que, aos 30, o Bahia ficou com a um menos: Lucas Fonseca levou o segundo amarelo. O Fla tentou aproveitar os espaços, mas não teve sorte nas finalizações. Allione ainda assustou o goleiro Thiago.

O SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, quem esperava uma “retranca raiz” do Bahia ficou na decepção. Jorginho colocou Mendoza no lugar de Edigar Junio, o que deu velocidade ao ataque tricolor e trabalho à defesa do Fla. Apesar de ter um a mais, o time de Zé Ricardo não criou o quanto poderia para aproveitar a vantagem. A entrada de Vinicius Junior aos 12 deu mais energia à equipe carioca, que conseguiu abrir o placar aos 27, num belo chute de Berrío.

LUCAS FONSECA FORA


O zagueiro do Bahia desfalcou seu time logo aos 30 do primeiro tempo. Retornando de lesão, Lucas já tinha amarelo por reclamação, já havia se envolvido em uma discussão com Willian Arão… Eis que ele entrou na dividida com Guerrero e deixou o pé alto no lance. Resultado: segundo amarelo e chuveiro mais cedo. Fica fora do clássico Ba-Vi do próximo domingo. Para registrar: o preparador de goleiros Tiago Mehl e o técnico Jorginho também acabaram expulsos.

NOITE DE ESTREIA

A partida marcou a estreia de Éverton Ribeiro pelo Flamengo. O meia teve boa atuação, jogando principalmente pela direita e pelo meio, com boa qualidade de passe, apesar do pouco entrosamento. De quebra, acabou dando assistência para o gol de Berrío aos 27 do segundo tempo. Saiu aos 30 do segundo tempo, sob aplausos da torcida rubro-negra.

UM TRIO PARA ACOMPANHAR

Três nomes em alta na partida desta noite: Zé Rafael, Mendoza e Vinicius Junior. O meia do Bahia deu o sangue do início ao fim e investiu em cada chance de ter a bola nos pés. O atacante tricolor revigorou o setor ofensivo da equipe, com velocidade e mobilidade necessárias no segundo tempo. A jovem promessa do Flamengo, tão pedida pela torcida, entrou com categoria, com direito a toquinho pra cima de Eduardo, lateral do time baiano.

OLHO NA TABELA

Com o resultado desta noite, o Flamengo alcançou 17 pontos e subiu cinco posições: dorme na terceira posição da tabela – pode descer, a depender do resultado de Botafogo x Avaí, partida que será disputada nesta segunda-feira. Por outro lado, o Bahia entrou na zona de rebaixamento: é o 17º, com dez pontos.

PRÓXIMA RODADA

As duas equipes voltam a campo pelo Brasileirão no próximo domingo. O Flamengo recebe o São Paulo às 16h. No mesmo horário, o Bahia vai até o Barradão para enfrentar o Vitória.

Fonte: Globo Esporte

Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.