Entre em contato conosco


Lagoa Formosa

Vândalos danificam e furtam em órgãos públicos de Lagoa Formosa e preocupa a administração municipal

Published

on

Atos de vandalismo passam a preocupar todos os setores da administração de Lagoa Formosa. De acordo com informações da gestão pública da cidade, nos últimos dias vários acontecimentos criminosos foram registrados em locais públicos, o que resultou em prejuízo financeiro para o município e consequentemente para a população de bem da cidade. Escolas, Pronto Atendimento, Postos de Saúde (PSF’s), Praças Públicas e até mesmo a cozinha do velório municipal foram atacados por indivíduos, que arrombaram portas, furtaram objetos, arrancaram plantas dos jardins e quebraram vidraças, desligaram fontes de energias, causando vários transtornos e prejuízos aos cofres públicos.


Segundo os responsáveis pela administração municipal, o que tem acontecido, é que órgãos públicos são alvos de pessoas que sentem prazer em danificar o que já faz parte do patrimônio do próprio município. Eles contam que recentemente o jardim do Pronto Atendimento (PA) teve suas plantas (flores) arrancadas por pessoas que aguardavam para serem atendidas no local, sendo que o fato foi presenciado pelos funcionários que trabalham no local, assim como outros pacientes que aguardavam atendimento. Já no PSF Sebastião Gontijo, vândalos chegaram a arrombar as portas, quebrar vidraças e entrar no imóvel, mas os indivíduos não levaram nenhum objeto.

Outro fato criminoso que foi registrado recentemente em Lagoa Formosa aconteceu na Praça Nossa Senhora da Piedade, onde 02 (dois) coqueiros foram arrancados e levados do lugar, sem que os responsáveis pelos atos fossem identificados. Até mesmo o velório municipal foi alvo dos atos criminosos, que arrombaram a porta da cozinha do local, e em seguida furtaram um fogão industrial que ficava no imóvel para auxiliar nos preparativos de cafés e lanches para as pessoas que participam dos funerais. Até algumas escolas municipais também foram invadidas pelos vândalos. A administração municipal ressalta que por 03 (três) vezes os padrões de eletricidade dos PSF’s foram desligados, fazendo com que algumas vacinas de extrema importância para a população perdessem a validade.

Em conversa com o prefeito municipal João Martins de Paula (Corete), ele disse que a intenção é fazer melhorias em todos os setores públicos da cidade, mas que ainda existem pessoas que sentem prazer em destruir o próprio patrimônio do município. Ele aproveita para fazer um apelo à população para que a mesma ajude a cuidar da cidade, uma vez que tudo é feito pensando no próprio bem estar do cidadão lagoense.

Fonte: Patos 1

Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.