Entre em contato conosco


Destaque

Professores da UFV não aprovam greve em apoio à PEC 55

Published

on

(Foto: Reprodução/Primeiro a Saber)

(Foto: Reprodução/Primeiro a Saber)

Os professores da Universidade Federal de Viçosa se reuniram na tarde desta quarta-feira 09, para votar a deflagração de greve na instituição. Diversos professores sindicalizados a Seção Sindical dos Docentes  da UFV e não sindicalizados se reuniram no Auditório do Espaço Fernando Sabino para discutirem se os mesmos entrariam em greve, pois os mesmos já tinham aprovado indicativo de greve anteriormente.

A Assembléia contou com a participação dos professores dos campi de Viçosa, Florestal e Rio Paranaíba, foram 246 votos contra a deflagração, 137 a favor e 14 abstenções. No entanto, foi mantida a mobilização da categoria contra as medidas propostas pelo Governo Federal como a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55 (antiga PEC 241) e a reforma do ensino médio.


Ainda durante o encontro, foi aprovada a realização de uma nova assembleia na quinta-feira da próxima semana (17) para votação de indicativo de greve entre os dias 21 e 25 deste mês, conforme encaminhamento da reunião do Setor das Federais, realizada no último fim de semana em Brasília.

Os professores também vão propor ao Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN) a inclusão do pedido de auditoria da dívida pública na pauta de mobilização da categoria.

O setor jurídico do sindicato nacional ainda vai ser consultado quanto à elaboração de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a PEC 55 e outras propostas como o projeto de lei que quer incluir o “Escola sem Partido” entre as diretrizes e bases da educação nacional.

Através das redes sociais o Movimento Ocupa Bernardão UFV  que havia ocupado o principal prédio administrativo da instituição chamou a votação de vergonhosa. “Por ampla maioria dos votos, professores da UFV não aprovam deflagração da GREVE CONTRA A PEC nesta instituição”. Disse o comunicado do movimento nas redes sociais.

A assembleia também aprovou paralisação para o dia 25. Lembrando que na próxima sexta, os professores param as atividades, como aprovado em assembleia na semana passada.

Fonte: Primeiro a saber

Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *