Entre em contato conosco


Gerais

Primavera começa com possibilidade de chuva e aumento da umidade do ar

Published

on




A primavera começou às 17h02 desta sexta-feira (22) e traz o início das chuvas na região do Triângulo Mineiro e aumento da umidade relativa do ar, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Já segundo o Instituto de Geografia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), as chuvas devem começar somente no próximo mês.

O meteorologista Luiz Ladeia afirmou que a primavera é caracterizada pelo aumento das temperaturas, umidade do ar e probabilidade de chuvas e age como uma conversão do inverno – em que o tempo seco é uma das características mais fortes – para o verão, estação que tem predominância de pancadas de chuva.

O professor Paulo César Mendes, do Instituto de geografia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) , afirmou que o mês de setembro continua atípico em relação aos outros anos por conta da longa estiagem na região.



Em setembro a expectativa de chuva era de 44,8 milímetros, porém até o fim da tarde desta sexta-feira (22), Uberlândia permaneceu sem pancadas. Com isso, a cidade atingiu até agora há pouco, 116 dias sem chuva. A última aconteceu no dia 20 de maio, com um volume de 25,8 milímetros (mm) de água. Para o Inmet, a situação muda a partir da próxima terça-feira (22), em que há uma probabilidade de chuva para a cidade.

Já para o professor, a previsão de chuvas na região é somente para o dia 15 do mês que vem. “ Não temos previsão de chuvas para setembro, somente para outubro,” ressaltou.

O meteorologista afirmou que nesta estação a umidade que vem da Amazônia tem maior atuação no Sudeste do país. Com isso, a previsão do volume de precipitação mês de outubro será de 118,4 milímetros, em novembro de aproximadamente 210 e em dezembro, mês que a primavera acaba para dar início ao verão – no dia 21 de dezembro às 14h28 a previsão – é de 341,4 milímetros de chuva.

Já os ventos e chuvas permanecem na média durante a primavera, conforme as previsões do Inmet, mas as primeiras chuvas, principalmente as que ocorrerem na primeira quinzena de outubro, podem ser de maior volume e ocorrer até fenômenos de chuva de granizo, por exemplo.

Fonte: G1


Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *