Entre em contato conosco


Notícias

Moradores usam faixas, cartazes e muitas cruzes em protesto por mais segurança na BR 146

Published

on

O grande número de mortes por acidentes na BR 146 tem sido motivo de preocupação para os moradores e pelas pessoas que utilizam a rodovia. Na manhã desse domingo (16), eles organizaram um protesto para chamar a atenção das autoridades e para cobrar melhorias no projeto, principalmente na chamada “Serra da Catiara”, local com alto índice de batidas.

O trecho da BR 146 que liga Patos de Minas à Araxá foi inaugurado em junho de 2015. Com um custo de cerca de R$ 150 milhões, a obra não só encurtou o caminho entre as duas cidades, mas também proporcionou a interligação das regiões mineiras do Norte, Nordeste e Alto Paranaíba com o Sul de Minas e facilitou o acesso dessas regiões com o Estado de São Paulo.


O movimento na rodovia cresce a cada dia e o grande número de acidentes passou a preocupar os moradores. O último deles, ocorrido há apenas uma semana, causou a morte de duas pessoas. Um motorista de 37 anos e uma criança de oito anos morreram carbonizados em um acidente com uma carreta de alimentos que tombou e pegou fogo.

Os moradores entendem que o projeto da rodovia pode ser melhorado para evitar os acidentes. O protesto na manhã deste domingo (16) foi para chamar a atenção das autoridades. Eles cobram uma ação do DNIT e também do Ministério Público Federal –MPF – para que ações sejam feitas.

Os moradores levaram cartazes com fotos e vitimas da rodovia, faixas cobrando providências e panfletos de conscientização. Cruzes de madeira foram confeccionadas para lembrar as pessoas que perderam a vida em acidentes de trânsito na BR 146.

Fonte: Patos Hoje

Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.