Connect with us

Notícias

Imagens mostram o desrespeito de caminhoneiros fugindo da balança do DNIT na BR 365

Published

on

Imagens feitas da Balança do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte – DNIT – na BR 365 em Patos de Minas mostram o desrespeito de alguns caminhoneiros com a Lei e com a fiscalização. Ao invés de reduzirem a velocidade para passarem pelo processo de pesagem, os motoristas aceleram e vão embora sem aferirem o peso da carga que estão transportando.

As balanças instaladas nas rodovias brasileiras têm o objetivo de obrigar os caminhoneiros a trafegarem com a carga dentro do limite estabelecido pela legislação. O excesso de peso causa inúmeros problemas ao setor de transportes, principalmente em relação à vida útil da pavimentação. Afundamentos, ondulações e buracos na pista, muita vezes, são causados pelo trafego de caminhões e carretas pesados demais.



Os veículos flagrados com carga em excesso, além do pagamento de multa, são obrigados a solucionarem o problema antes de seguirem viagem, fazendo o transbordo do volume excedente. E mais, o proprietário do veículo e também o proprietário da carga podem responder na Justiça pelos danos causados à rodovia. No ano passado, uma transportadora e uma indústria de móveis fizeram acordo com o Ministério Público Federal de Patos de Minas e pagaram R$ 600 mil para ressarcir danos causados às rodovias em decorrência de excesso de peso.

Veículos que realizam o transporte de cargas são obrigados a passarem pelas áreas de pesagem instaladas nas rodovias federais e estaduais. Aqueles que desrespeitam à fiscalização, como os caminhoneiros que aparecem nas imagens, são multados em R$ 195,23 por evasão de bloqueio. Os fiscais do DNIT sabem quais são os veículos dos infratores.

O Posto de Pesagem do DNIT na BR 365 em Patos de Minas permaneceu um bom tempo desativado, mas agora está em plena atividade. O funcionamento ocorre em horários alternados e aleatórios.

Fonte: Patos Hoje

Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.