Entre em contato conosco


Destaque

Homem é morto com 15 facadas na madrugada desta quinta-feira em Rio Paranaíba

Published

on



julio

(Foto: Divulgação/PM)

A Polícia Militar de Rio Paranaíba registrou na madrugada desta quinta-feira (13), um homicídio no bairro Alto Santa Cruz. De acordo com as informações do Tenente Adriano, durante a madrugada estava havendo venda e uso de crack em uma casa no bairro, quando dois usuários já teriam feito a compra de algumas pedras do entorpecente momentos antes do crime.

Os dois usuários envolvidos retornaram ao local para comprar mais droga, só que desta vez, sem dinheiro. O suposto traficante Criston Paulo negou a comercialização da droga sem o pagamento. Minutos depois, os usuários identificados pela PM como Júlio César Filho, vulgo Júlio Jamaica e Wilton Alexandre, vulgo Cabelo, entraram novamente na residência e, Júlio de posse de uma faca, deferiu 15 golpes contra Criston, que teve morte imediata.




(Foto: Divulgação/PM)

(Foto: Divulgação/PM)

Após o crime, o autor e seu companheiro Wilton evadiram do local. A PM, no entanto, iniciou as buscas e localizaram Júlio que foi preso em flagrante por homicídio. Já Wilton, ainda não foi localizado. De acordo com a polícia, todos os autores já possuem diversas passagens, sendo que a vítima Criston já havia sido preso por duas vezes por tráfico.

O autor foi encaminhado pela delegacia para ser autuado em flagrante.

Texto: Gilberto Martins



A empresa Paranaíba Agora surgiu há cinco anos para levar a informação séria, responsável para a sociedade rio paranaibana. Aos poucos, foi ganhando espaço e passou a ser o principal veículo de comunicação online em Rio Paranaíba. Além do portal de notícias que já atingiu mais de 5 milhões de acessos, a empresa ainda realiza outros serviços de marketing para empresas. Nossa linha editoral é de sempre trabalhar com a verdade dos fatos, pautando pela seriedade e respeito com ambas as partes da história.

Publicidade
Comments

Siga-nos nas redes sociais

Cotação do Café

Últimas notícias