Entre em contato conosco


Destaque

Deputado Antônio Lerin destina 200 mil reais para implantação do projeto olho vivo em Rio Paranaíba

Published

on




O CONSEP realizou na noite desta quinta-feira (18), mais uma reunião para discutir a segurança pública em Rio Paranaíba. Daniel Barbosa, presidente do CONSEP e vereador, deu início à reunião falando sobre a implantação do projeto “olho vivo” e destacou que o assunto voltou à tona após a onda de assaltos registrados no fim do mês de março na cidade, vitimando o empresário em uma dessas ações criminosas.

A reunião que foi realizada no plenário da Câmara Municipal contou com a participação de representantes dos poderes executivo e legislativo, de militares da 10ª região da Polícia Militar, empresários, cidadãos e de forma ilustre, a presença do deputado estadual Antônio Lerin que veio à cidade para fazer um compromisso importante no melhoramento da segurança pública no perímetro urbano.

Num primeiro momento, Daniel Barbosa convidou o Major R. Santos para se pronunciar a respeito do projeto olho vivo em Patos de Minas. O militar explicou como foi instalado as câmaras de vigilância, como funciona as câmeras de vigilância na cidade patense. Segundo o Major, foi feito um levantamento entre 2014 – ano que foi instalado – e 2015 e pode-se perceber que houve uma queda de cerca 40% na criminalidade no centro de Patos de Minas.

Ele ressaltou a importância do projeto para o melhoramento da segurança pública nas cidades. Pois, segundo ele, facilita o trabalho da polícia militar e aumenta a segurança da população. Ainda de acordo com ele, em Patos de Minas, foram instaladas 16 câmeras de vigilância, seis a menos do projeto de Rio Paranaíba.



Major R. Santos salientou que não adianta colocar o material em funcionamento e não ter manutenção. Pois, de acordo com ele, se não tiver a manutenção necessária, acaba gerando uma descrédito da população com um todo.

Em seguida, o vice-presidente do CONSEP, Nilton Boaventura ressaltou que, alguns dias após a realização da última reunião, o prefeito municipal solicitou uma reunião em gabinete para dizer que um deputado estadual havia se disponibilizado em auxiliar no projeto ‘olho vivo’ na cidade. O vice-presidente ainda agradeceu a presença do parlamentar e destacou que algumas instituições já se dispuseram em auxiliar na manutenção do equipamento.

O prefeito municipal, Valdemir Diógenes, relatou aos presentes em seu pronunciamento, como foi que conseguiu o auxílio do deputado Antônio Lerin e aproveitou o momento para pedir o compromisso do parlamentar dizendo que Rio Paranaíba está cansada de políticos que só prometem e não cumprem com a palavra.

Já em seu pronunciamento, o deputado destacou que se todos os parlamentares que tiveram votos em Rio Paranaíba fizessem um pouco pela cidade, a situação seria um pouco melhor. Em seguida, ele fez um compromisso com a cidade de destinar 200 mil reais para a implantação do olho vivo e garantiu que até o fim do ano, as câmeras já estarão funcionando.

Lerin ainda ressaltou que Rio Paranaíba foi a primeira a ser completada com a indicação e sugeriu que a sala onde será feito o monitoramento das 10 câmeras, leve o nome do empresário que foi morto durante um assalto em seu estabelecimento às margens da BR 354 no fim de março.

Em conversa com nossa reportagem, no fim da reunião, o Major R. Santos contou que foi feita e como funciona o olho vivo em Patos de Minas e ressaltou a importância do projeto para um trabalho mais eficaz da Polícia Militar no melhoramento da segurança dos comerciantes e de toda população rio paranaibana. Ouça a entrevista.

Já o vice-presidente do CONSEP, Nilton Boaventura, destacou a importância do projeto para a cidade e comentou sobre o próximo passo que será dado com essa indicação de 200 mil reais do deputado Lerin. Ouça a entrevista.

[Best_Wordpress_Gallery id=”40″ gal_title=”reuniao consep”]

Texto, entrevista e fotos: Gilberto Martins

 


Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Advertisement