Adolescente de 15 anos morre após ser espancada por colega dentro de escola em Minas


Uma adolescente de 15 anos foi apreendida, nessa quarta-feira (10), na cidade de Minas Novas, no Vale do Jequitinhonha, depois de espancar outra colega, também de 15, dentro da Escola Estadual Doutor Agostinho da Silva Silveira. A vítima chegou a ser socorrida e levada para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo dela será enterrado na tarde desta quinta-feira (11) no Cemitério Municipal da cidade.

De acordo com a Polícia Militar (PM), funcionários da escola acionaram a corporação explicando que duas alunas brigaram no horário do intervalo e que uma delas estava inconsciente. Quando chegaram ao local, os militares encontraram a agressora sendo contida por uma professora e a vítima jogada ao chão. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi chamada à escola e socorreu a garota.

A autora contou ter agredido a colega depois que ela teve um caderno rasgado. Segundo os funcionários, a menina tem histórico de agressões e seria portadora de esquizofrenia. Durante a briga, a adolescente puxou o cabelo da vítima e, depois de jogá-la ao chão, deu vários chutes na cabeça dela. O ataque de fúria só terminou quando a vítima estava desacordada.

Enquanto a adolescente agredida era levada para um hospital, a outra foi encaminhada para uma delegacia. No relato policial, os oficiais ainda contam que ela tentou se ferir e precisou ser contida.

Reações

A morte da garota fez com que as aulas fossem suspensas na escola nesta quinta-feira (11). Além disso, o prefeito da cidade, Aécio Guedes, emitiu uma nota de pesar. O comunicado foi divulgado por meio do Facebook. Na rede social, internautas, amigos e familiares também se despedem da garota.

Fonte: BHZ

COMPARTILHAR
Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.