Suspeita de ter matado senhor de 72 anos é presa por furto em Presidente Olegário; ela nega os crimes


A Polícia Militar de Presidente de Olegário encaminhou para a delegacia de Patos de Minas nesta segunda-feira (12) uma jovem de 23 anos suspeita de ter matado o senhor de 72 anos. Ela foi presa enquanto saía de uma casa com roupas de um varal. Ela negou os crimes dizendo que não tem nada a ver com o homicídio e as roupas eram apenas emprestadas.

De acordo com o Cabo Cambraia, após o homicídio do senhor Manoel Ribeiro Landim, conhecido como Zico Teófilo, os policiais começaram os rastreamentos e abordaram Cricimara Soares da Silva saindo de uma casa na Rua São Sebastião, Bairro Saltador. Ao ver os policiais, ela tentou evadir.

No entanto, os policiais fizeram a abordagem e notaram que ela estava com as roupas todas molhadas, sendo constatado que ela havia tomado banho em um tanque. Os policiais perceberam também vestígios de sangue e que ela estava de posse de algumas roupas do varal.

Os policiais também encontraram com ela cintos e um par de tênis. Segundo o cabo Cambraia, em contato com a vítima, ficou verificado que ela não tinha autorização para entrar no imóvel. Diante disso, ela foi presa e encaminhada até a delegacia pelo crime de furto.

Os militares continuam levantando informações junto com a Polícia Civil que iniciou as investigações para comprovar ou não a ligação dela com a morte do Senhor Manoel Ribeiro. “Cabelos foram encontrados no local do crime e estão sendo analisados”, disse.

A versão de Cricimara que possui passagens policiais por furto e roubo é totalmente diferente. Ela disse que na hora do crime estava usando droga e nem sabe onde teria acontecido o crime. Ela também disse que tinha autorização dos donos das roupas para apanhar o material, sendo que já havia feito outras negociações e até programa sexual com ele.

Tudo continua sendo apurado para saber quem de fato matou o senhor Manoel Ribeiro. Ele foi morto com um chuço feito por um cabo de vassoura. Ele foi encontrado com ferimentos no peito e na cabeça.

Fonte: Patos Hoje

COMPARTILHAR
Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.