Na semana em que se comemora o dia internacional da mulher, a da Polícia Militar de Rio Paranaíba divulgou um dado muito importante sobre a violência contra a mulher na cidade e, de acordo com os números, os registros de casos caíram desde a aprovação da lei “Maria da Penha”.

Só em 2017, segundo os dados, foram registrados pelos militares 82 boletins de ocorrência sendo que, deste 41 são por violência doméstica, 10 por lesão corporal e outros 31 por ameaças. Segundo o comandante da Polícia Militar em Rio Paranaíba, Tenente Adriano Alves, em entrevista à Rádio Paranaíba nesta manhã, esses números ainda são altos, mas houve uma queda desde a aprovação da lei em 2006.

Também foram divulgados dados em que mostram que as mulheres se apresentam violentas em decorrência a problemas emocionais, não aceitar o fim de um relacionamento ou mesmo o uso exagerado de bebida alcoólica. Conforme os números, somente ano passado foram registrados cerca de 10 boletins ocorrência de lesão corporal.

Esses dados às vezes podem até serem maiores se as mulheres denunciassem os fatos aos órgão competentes. Às vezes por medo ou mesmo ameaças, as mulheres têm medo de denunciar e continuam sendo vítimas de agressões.

As denúncias podem serem feitas anonimamente pelo 190 com a Polícia Militar ou 180 na central de atendimento à mulher. Não se intime, denuncie! Ajude a reduzir esse número.

Texto: Gilberto Martins – Com informações da Rádio Paranaíba

Share.

Comments are closed.