Entre em contato conosco


Esporte

Erros custam caro e Galo frustra a torcida com derrota para o Fluminense no Horto

Published

on




A invencibilidade do Atlético como mandante na temporada, com campanha 100%, terminou na tarde deste domingo. O time cometeu erros defensivos, não soube aproveitar as chances no ataque e acabou derrotado por 2 a 1 pelo Fluminense, no Estádio Independência, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Henrique Dourado e Richarlison fizeram os gols do Tricolor. Gabriel descontou para os mineiros.

Agora, o Atlético vai se preparar para a estreia na Copa do Brasil. Na quarta-feira, enfrenta o Paraná em Curitiba, pelas oitavas de final da competição. Pelo Brasileirão, o Alvinegro volta a campo no domingo que vem. Novamente no Independência, a equipe encara a Ponte Preta.

O Jogo

Sem Robinho, poupado após reclamar dores musculares, o Atlético dominou as ações em boa parte do primeiro tempo. O time teve mais posse de bola, finalizou mais. Fred, aos oito minutos, exigiu que Cavalieri trabalhasse pela primeira vez.

Pelos lados do campo, o Galo criou mais chances. Aos 19, Fábio Santos tocou para Otero, que invadiu a área, mas foi prensado por Nogueira. Dez minutos depois, Felipe Santana completou escanteio por cima do gol.



O Fluminense marcava bem e saída no contra-ataque, explorando muitas vezes as costas dos laterais. E foi em um lance desses que os cariocas chegaram ao gol. Richarlison partiu em velocidade pela esquerda, invadiu a área e acabou derrubado por Marcos Rocha. Henrique Dourado cobrou, aos 36 minutos, e abriu o placar: 1 a 0

O Atlético ainda se reorganizava quando o Fluminense atacou, agora pelo lado direito. A dupla Richarlison/ Dourado decidiu de novo, aos 38 minutos. Agora, o primeiro ganhou de Marcos Rocha no alto e completou de cabeça o cruzamento do segundo: 2 a 0.

Desta vez, o Galo respondeu imediatamente. Aos 40, após o escanteio, o zagueiro Gabriel, livre, cabeceou para as redes: 2 a 1. No lance seguinte, Cazares mandou a bomba da entrada da área e Cavalieri evitou o empate.

No segundo tempo, o Atlético voltou com Maicosuel no lugar do volante Rafael Carioca. Aos seis minutos, o meia-atacante deu belo passe para Fred arrematar de frente para o gol. A bola subiu muito.

Mas as bolas nas costas dos laterais continuaram sendo dor de cabeça no Galo. Aos sete minutos, Henrique Dourado ainda driblou Marcos Rocha antes de chutar e Victor salvar.

Chance clara mesmo quem perdeu foi Maicosuel. Aos 17, ele dominou na cara do gol, mas finalizou por cima da meta tricolor.

Na pressão, sem muita organização e já demonstrando cansaço, o Atlético tentou o empate. O Fluminense, que perdeu Sornoza lesionado e jogou os últimos minutos com um a menos, por já ter feitos as três alterações, se segurou na defesa e levou perigo nos contra-ataques. Foi um final dramático. Já aos 50 minutos, Elias teve tudo para fazer o gol, mas também concluiu para fora. Fim de jogo: 2 a 1 para o Tricolor.

Fonte: Superesportes


Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Advertisement