Entre em contato conosco


Esporte

Com Ábila decisivo, Cruzeiro vence o Atlético-GO e alivia pressão sobre Mano

Published

on

O atacante Ramón Ábila foi o grande responsável pela vitória do Cruzeiro sobre o Atlético-GO, por 2 a 0, neste domingo, no Mineirão, e, consequentemente, por aliviar a pressão sobre o técnico Mano Menezes, muito questionado pela torcida. Logo, ele. O argentino diversas vezes foi preterido pelo técnico gaúcho por causa do estilo de jogo. No confronto desta tarde, Ábila marcou os gols do triunfo celeste. O meia -atacante Alisson também merece menção, já que mudou o jogo no segundo tempo.

Com o resultado, o Cruzeiro chegou aos 10 pontos, na sexta posição – o Bahia enfrenta o Grêmio na segunda-feira e pode ultrapassar o clube celeste. Na próxima rodada, a Raposa desafia o líder Corinthians, quarta-feira, às 21h45, em São Paulo. No mesmo dia, mas às 19h30, o Atlético-GO recebe o Avaí no estádio Olímpico, em Goiânia.

Futebol pobre

O técnico Mano Menezes mandou a campo um time com algumas alterações em relação aos jogos anteriores. A mudança que mais chamou atenção foi a saída do meia-atacante Alisson para a entrada de Rafael Marques. Outra novidade foi a presença de Murilo na zaga. Mano não conta com Dedé, lesionado, Manoel, em recuperação de uma contusão, e Caicedo, convocado para Seleção Equatoriana. Quem também ganhou uma vaga foi o volante argentino Romero. Hudson ficou no banco.

A troca no ataque não deu certo. Sem Alisson, o time perdeu velocidade e capacidade de drible. Rafael Marques pouco acrescentou e deixou o Cruzeiro mais lento e previsível. O ex-atacante do Palmeiras foi notado em campo mais pelos erros.

Na etapa inicial, o Cruzeiro chegou a ter mais de 70% de posse de bola, mas esbarrou na defesa organizada do Atlético-GO. As melhores chances foram chutes de fora da área. Estático, Ábila foi bem marcado. Faltava à Raposa jogada de infiltrações pelos lados.


Muito questionado pela torcida, o armador Thiago Neves foi um dos melhores no primeiro tempo. Ele buscou o jogo, chamando a responsabilidade. Aos 28 minutos, o meia acertou um arremate no travessão. Destaque para o goleiro Felipe Garcia, que demonstrou segurança na meta do time goiano.

Ábila garante vitória

Para o segundo tempo, Mano trocou Rafael Marques por Alisson, recado claro do erro estratégico na escalação. O futebol do time não melhorou tanto, mas os gols acabaram saindo. E com participação decisiva de Alisson. O meia-atacante lançou Ábila na frente, que se esticou todo, ganhou a dividida do zagueiro e tirou o goleiro Felipe com um toque: 1 a 0.

A presença de Ábila entre os titulares virou uma queda de braço entre torcida e treinador. Mano Menezes já evidenciou em diversas entrevistas que prefere um jogador com maior mobilidade no setor ofensivo. Por outro lado, a torcida celeste sempre cobrou a presença do argentino, porque se trata do único jogador mais incisivo do elenco.

Com o gol de Ábila, o Cruzeiro quebrou uma sequência de três jogos sem marcar (duas partidas contra Chapecoense e uma contra o Bahia). E o argentino teve tempo para marcar mais um. Aos 34 minutos, Alisson foi derrubado na área. Na cobrança do pênalti, Ábila chutou com força, em batida alta no canto direito do goleiro do Atlético-GO: 2 a 0.

Já o Dragão demonstrou imensa fragilidade ao tentar agredir o Cruzeiro. Nenhuma grande chance de gol para os goianos.

CRUZEIRO 2 X 0 ATLÉTICO-GO

Cruzeiro
Fábio; Ezequiel, Murilo, Leo e Diogo Barbosa; Lucas Romero, Ariel Cabral, Robinho, Thiago Neves (Rafinha) e Rafael Marques (Alisson); Ábila
Técnico: Mano Menezes

Atlético-GO
Felipe Garcia; André Castro, Eduardo Gabriel, Roger Carvalho e Bruno Pacheco; Marcão Silva (Luiz Fernando), Breno Lopes (Walterson), Silva, Jorginho e Andrigo (Júnior Viçosa); Everaldo
Técnico: Doriva

Gols: Ábila (2 vezes)

Cartões amarelos: Andrigo, Jorginho, Marcão Silva e André Castro (Atlético-GO). Murilo, Robinho e Thiago Neves (Cruzeiro)

Motivo: 6ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Mineirão
Horário:18h30
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone e Eduardo de Souza Couto (RJ)

Fonte: Superesportes

Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.