Entre em contato conosco


Destaque

Cadela fica ferida com explosão de bombinha por morador e gera revolta em Rio Paranaíba

Published

on




(Foto: Reprodução)

Um possível crime de maus tratos em Rio Paranaíba vem causando revolta. O caso foi registrado pela Polícia Militar nessa segunda-feira (19). Uma cadela que vive nas ruas teria sido atingida na boca por uma bombinha quando estava na garagem de uma casa. O morador disse que usou traque apenas para espantar o animal.

De acordo com informações da Polícia Militar, o fato aconteceu por volta das 20h00 de domingo (18), mas foi registrado nessa segunda-feira (19). Um vizinho procurou a Polícia Militar e relatou que ouviu a explosão e viu quando a cachorra havia saído correndo do local. Ela estava com a boca bem inchada e sangrava.



Segundo os moradores, o proprietário da casa teria colocado a bombinha na boca do animal e ateado fogo. No entanto, o morador disse que vem usando traque apenas para espantar os animais que têm causado diversos transtornos com mau cheiro e espalhando lixo. Segundo ele, o traque foi solto bem longe do animal e não chegou a atingi-lo.

O vizinho que fez a ocorrência relatou que vem cuidando dos animais abandonados e que foi obrigado a levar o animal para São Gotardo onde ofereceu o tratamento necessário ao animal. O caso foi postado nas redes sociais e gerou uma grande revolta nos protetores de animais. Eles pedem justiça para o caso. O morador acusado relatou que o caso vem sofrendo diversos prejuízos pelas postagens nas redes sociais.

Fonte: Patos Hoje

NOTA: Pela manhã desta terça-feira (20) e até o momento desta publicação, tanto a reportagem da Rádio Paranaíba AM, quanto a  reportagem do Maktub Comunicação tentou contato por telefone com os responsáveis pela ADAMA, porém, nossas ligações não foram atendidas ou retornadas. Vamos continuar tentando contato para um esclarecimento acerca deste lamentável fato ocorrido em Rio Paranaíba. 


Um site de notícias de Rio Paranaíba e região com precisão e responsabilidade.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *